quinta-feira, 4 de abril de 2013

Olhe para o seu interior, escolha bem seus irmãos






Imagino sempre uma solução. Olho para traz e vejo tudo que deixei passar. Tudo o que eu deveria deixar passar e o que passou sem eu mesma nem perceber. O tempo passa rápido e a cada dia percebo isso. Muitas vidas, momentos, fatos, lugares passam pela minha vida. Coisas que as vezes dou tanta importância e não deveria dar. Coisas que eu não dou a mínima, mas deveria dar tudo de mim.
Imaginei, talvez por alguma inocência, que o vento que passou levaria tudo de ruim que ficou, mas o vento não leva a dor e nem o rancor. O que posso esperar do vento, é que ele me mude de lugar, que me leve para onde há coisas boas, ou se não puder levar, que ele traga apenas um gesto, uma palavra, uma atitude que me faça pensar em coisas boas. Preciso que ele vente no meu interior, pois o vento aqui do lado de fora não importa. O que me importa no momento é que vente na minha alma, e que mude o que deve ser mudado. Assim eu continuo procurando algo bom e do bem para me guiar. E nessas horas lembro dos meus verdadeiros amigos irmãos, aqueles que sempre vão saber da sua verdadeira essência e jamais pensaram que você esta ao lado dele por qualquer mínimo interesse. Acredite em você, nos seus verdadeiros irmãos, acredite na sua raiz. Sempre haverá uma raiz...

Nenhum comentário:

EU

Minha foto

A novidade veio dar à praia...

Seguidores